_J016846

Allegri: “Prontos para janeiro, um passo de cada vez”

SHARE
Allegri: “Prontos para janeiro, um passo de cada vez”
Allegri: “Prontos para janeiro, um passo de cada vez”
Allegri: “Prontos para janeiro, um passo de cada vez”

Depois da pausa para o fim de ano, a Juventus volta a campo nesta quinta-feira no Allianz Stadium contra o Napoli.

Antes do primeiro jogo de 2022, com início às 16h45 (de Brasília), o treinador Massimiliano Allegri falou sobre o momento da Juve.

ATUALIZAÇÃO DOS JOGADORES

“Leonardo Bonucci está fora do jogo de amanhã (quinta-feira) e também de domingo. Todo mundo conhece a situação de Giorgio Chiellini (positivo para Covid-19). Estamos esperando o resultado do teste de Arthur para ver se ele está negativo. Danilo deve estar disponível a partir da próxima semana. Luca Pellegrini e Kaio Jorge estão gripados e vem trabalhando individualmente e não estão disponíveis amanhã. Aaron Ramsey voltou de treinos na Inglaterra, mas ele está saindo do clube.“

DISPONIBILIDADE VS NAPOLI

“Temos dois zagueiros [Matthijs De Ligt e Daniele Rugani] e três laterais, Mattia De Sciglio, Juan Cuadrado e Alex Sandro.

“No meio-campo, Manuel Locateli jogará no centro, enquanto entre Adrien Rabiot, Weston McKennie e Rodrigo Bentancur, dois vão jogar.“

“Federico Chiesa e Paulo Dybala se recuperaram de lesões. Com tantos jogos pela frente, preciso avaliar qual dos dois jogará amanhã.”

JANELA DE TRANSFERÊNCIA

“Álvaro Morata não vai a lugar nenhum. No ano passado, ele marcou 21 gols. Este ano, ele marcou sete sem pênaltis ou cobranças de falta - em sua função, ele é muito importante. Falei com ele e disse que ele não iria embora, quer a conversa sobre transferência seja verdadeira ou não, porque para substituir Morata, você precisa substituí-lo por um dos quatro ou cinco melhores atacantes que existem. Então, Alvaro está ficando e ele está feliz.

“Acredito que haja 99% de probabilidade de que o elenco permaneça como está. As chegadas de janeiro têm pouco impacto. Precisamos melhorar com o que temos. O retorno de Dybala e Chiesa nos dará um impulso na frente. Os gols têm faltado no meio-campo e nas bolas paradas.”

PRÓXIMOS JOGOS

“São seis partidas em janeiro. Temos um jogo eliminatório com a Sampdoria, pela Copa da Itália. Além disso, temos a Supercopa da Itália e quatro jogos difíceis pela Serie A, contra Napoli, Roma, Udinese e Milan. Nos treinos da última semana, trabalhamos o lado físico e técnico. Precisávamos desses dias de trabalho e estou satisfeito com a forma como foram. Precisamos dar um passo de cada vez.”

SITUAÇÃO DE COVID

“Minha opinião sobre o assunto não conta. Aqueles que decidem devem assumir a responsabilidade. Precisamos nos preparar com o melhor de nossa capacidade e seguir as regras que foram estabelecidas.”

Itens relacionados