to270515spo_1772

APRESENTAÇÃO DA PARTIDA | JUVENTUS x INTER | COPPA ITALIA

SHARE
APRESENTAÇÃO DA PARTIDA | JUVENTUS x INTER | COPPA ITALIA
APRESENTAÇÃO DA PARTIDA | JUVENTUS x INTER | COPPA ITALIA
APRESENTAÇÃO DA PARTIDA | JUVENTUS x INTER | COPPA ITALIA

Depois de dois longos anos, a final da Coppa Italia voltará a lotar o Estádio Olímpico de Roma. Uma cidade que, em mais de um século de história da Juventus, testemunhou muitos triunfos inesquecíveis, e não apenas na copa.

O Olímpico é sinônimo da vitória da Champions League de 1995/96, quando a equipe de Marcello Lippi derrotou o Ajax nos pênaltis. O aconteceu na sequência foi uma procissão de bandeiras pretas e brancas do estádio para comemorar uma vitória histórica.

to061010juv_0077

A Cidade Eterna viu a Juventus comemorar títulos da Serie A, Supercopas da Itália e, acima de tudo, Coppas Italia. Contando apenas finais pontuais, nenhuma cidade sediou a final da Coppa Italia com mais frequência do que Roma. Dos 17 disputados até agora, a Juventus participou de oito e a conquistando cinco vezes.

Recentemente, quatro seguidas sob o comando de Massimiliano Allegri, de 2015 a 2018 - no mesmo campo, duas vezes contra a Lazio, duas vezes contra o Milan.

to230516spo_0084

HISTÓRIA JUVE NA COPA

Nenhum clube conquistou a Coppa com tanta frequência quanto a Juventus. São 14 títulos, cinco a mais do que a Roma, rival mais próxima, assim do terceiro e quarto colocados na lista de campeões, Inter e Lazio.

Cada triunfo teve seu gosto específico, desde o primeiro em 1937/38 contra o Torino, em Turim, até o mais recente, no ano passado, contra a Atalanta, em Reggio Emilia.

A primeira Coppa Italia conquistada em Roma, entretanto, foi em agosto de 1965, contra a eterna rival Inter. A Juventus enfrentou os Nerazzurri duas vezes na final da Coppa Italia, em um período de seis anos na década de 1960. Ambas as vezes os Bianconeri triunfaram apesar de serem considerados azarões contra a Grande Inter, treinada por Helenio Herrera.

De volta ao presente. Nesta terça-feira, a equipe realizou o último treino antes de partir para Roma. As notícias positivas foram além de Danilo, que descansou contra o Genoa no fim de semana, e Luca Pellegrini, ambos disponíveis para a decisão.

Manuel Locatelli também está liberado para a final após se recuperar de uma lesão muscular. Assim, o time está mais forte, com apenas desfalques que estão em recuperação de longo prazo.

Ao chegar a Roma na noite desta terça-feira, enquanto o resto do elenco e comissão iam em direção ao hotel, Massimiliano Allegri e Giorgio Chiellini falaram com a imprensa no Olímpico na coletiva pré-jogo.

O técnico Allegri revelou que Chiellini seria titular assim como Mattia Perin e Paulo Dybala naquele que é o quarto jogo com a Inter nesta temporada. Tanto o treinador quanto o capitão estão prestes a reescrever algumas estatísticas importantes, então deixamos as palavras finais.

Itens relacionados