Esultanza Juventus Sampdoria 27 luglio 2020

Juventus é a campeã italiana! 

SHARE
Juventus é a campeã italiana! 
Juventus é a campeã italiana! 
Juventus é a campeã italiana! 

A Juventus conquistou seu nono título consecutivo da Serie A, em um feito sem precedentes, ao derrotar a Sampdoria por 2 a 0 na noite deste domingo no Allianz Stadium. Ronaldo abriu o placar no final do primeiro tempo, Bernardeschi fechou a vitória, enquanto a equipe de Ranieri terminou o jogo com 10 homens.

JUVE PERDE DANILO & DYBALA

O jogo não teve muitas chances nos primeiros 20 minutos, mas foi o time da casa que chegou a ameaçar primeiro. Bonucci lançou bola longa, Matuidi cruzou para Ronaldo cabear para o gol, mas uma falta sobre Chabot foi assinalado. Danilo, então, foi forçado a ser substituído aos 30 minutos ao se sentir tonto após um choque de cabeça com Ramirez. Bernardeschi entrou em seu lugar, com Cuadrado passando para a lateral-direita. A Sampdoria começava a pressionar, e Quagliarella fez duas rápidas finalizações mas ambas pararam em Tek. Cinco minutos antes do intervalo, Sarri foi forçado a fazer uma segunda alteração: Dybala para o lugar de Higuain.

RONALDO ABRE O PLACAR

Ronaldo finalizou de fora da área com perigo, mas a bola subiu, enquanto minutos depois Bernardeschi soltou um canhão para a defesa de Audero. Com seis minutos de acréscimo, a Juve aproveitou o tempo extra para ir ao intervalo com a liderança no placar: Pjanic bateu falta ensaiada rasteira, e Ronaldo acertou chute preciso no fundo das redes.

BERNA CONFIRMA O SCUDETTO

No início do segundo tempo, as duas equipes ameaçaram o gol: Higuain e Ronaldo não conseguiram completar a falta cobrada por Pjanic, enquanto Leris aproveitou o cruzamento de Ramirez para finalizar a centímetros do gol. Szczesny apareceu novamente ao defender a cobrança de falta de Yoshida na ponta dos dedos, enquanto Audero fez exatamente o mesmo ao espalmar o chute de Ronaldo. A Juventus fez o 2 a 0 e se aproximou mais do Scudetto quando Audero defendeu a finalização de Ronaldo, mas Bernardeschi aproveitou o rebote para fazer o segundo.

RONALDO PERDE PÊNALTI

Quagliarella quase respondeu com um gol em cabeçada perigosa. A Samp foi, então, reduzida para 10 homens quando Thorsby, que já tinha amarelo, fez falta dura em Pjanic. De Ligt e Pjanic foram substituídos por Rugani e Bentancur, enquanto a Juventus teve um pênalti a seu favor aos 88 minutos, após Alex Sandro ser derrubado dentro da área. Ronaldo se encarregou da cobrança, mas acertou o travessão de maneira incomum. E não terminou aí, uma vez que os Bianconeri foram impedidos de fazer o 3 a 0, quando Yoshida salvou em cima da linha o gol de Bonucci.

Juventus: Szczesny; Danilo (Bernardeschi 29’), De Ligt (Rugani 78’), Bonucci, Alex Sandro; Rabiot, Pjanic (Bentancur 78’), Matuidi; Cuadrado, Dybala (Higuain 39’), Ronaldo

Reservas: Buffon, Pinsoglio, Rugani, Demiral, Ramsey, Bentancur, Muratore, Higuain, Bernardeschi, Olivieri, Zanimacchia

Sampdoria: Audero; Tonelli, Yoshida, Chabot, Augello; Depaoli, Linetty, Thorsby, Jankto; Ramirez, Quagliarella