Women_NapoliJuve (27)

Juventus vira para cima do Napoli no feminino

SHARE
Juventus vira para cima do Napoli no feminino
Juventus vira para cima do Napoli no feminino
Juventus vira para cima do Napoli no feminino

A equipe feminina da Juventus saiu atrás, mas conseguiu derrotar o Napoli neste sábado e manteve o seu início de temporada com 100% de aproveitamento. 

As Bianconere levaram um gol pouco antes do intervalo, mas aumentaram a intensidade do jogo na segunda etapa, empatando com Maria Alves, antes de Cristiana Girelli garantir os três pontos de pênalti. 

A vitória significa que as meninas de Rita Guarino conquistaram 27 pontos em seus primeiros nove jogos – a motivação perfeita para o confronto pela Champions League, contra o Lyon na próxima semana.

SAINDO ATRÁS

O Napoli, recém-promovido à Serie A, começou com sangue nos olhos, depois de somar o primeiro ponto na temporada contra o San Marino, na última semana. A primeira chance da partida, no entanto, foi para a Juventus, com Zamanian defendendo a tentativa de Mainguy.

Aos 11 minutos, Bacic foi acionada para evitar uma oportunidade a Errico no centro da área. A Juve deu as boas-vindas à Cecilia Salvai, de volta à equipe após contrair a Covid-19, mas teve dificuldades em fazer o seu jogo de pressão alta contra o Napoli.

E, na verdade, foi a equipe da casa que abriu o placar antes do intervalo: com Huchet em chute da entrada da área. As Bianconere não conseguiram e foram para os vestiários perdendo.

MARIA ALVES EMPATA

A equipe da Juve foi completamente diferente no início do segundo tempo - que teve Valentina Cernoia entrando no lugar de Zamanian -, e o Napoli não conseguiu manter a sua vantagem. Bonansea teve uma oportunidade aos 51 minutos, mas não conseguiu acertar o alvo e, de novo, desperdiçou chance após passar pela goleira.

Dava para sentir que o empate era apenas uma questão de tempo e ele veio na hora certa. Cernoia e Girelli fizeram boa jogada antes da bola chegar a Maria Alves, sozinha no meio da área para deixar tudo igual.

GIRELLI DE NOVO

O gol deu às Bianconere um novo ímpeto, e elas começaram a construir a virada. Girelli finalizou para fora aos 64 minutos, e as chances continuaram surgindo, para Hurtig, Caruso e Cernoia, antes que toda a pressão resultasse no gol da vitória de de Girelli a dez minutos do final.

Hurtig trocou passes com Staskova e foi derrubada ao entrar na área: pênalti para a Juve. Girelli converteu com frieza para selar a vitória, com direito ao 200º gol da Juve na Série A.

Itens relacionados