Match Hellas Verona Juventus 30 ottobre 2021

Simeone decide no Bentegodi: 2 x 1 para o Verona

SHARE
Simeone decide no Bentegodi: 2 x 1 para o Verona
Simeone decide no Bentegodi: 2 x 1 para o Verona
Simeone decide no Bentegodi: 2 x 1 para o Verona

Giovanni Simeone garantiu a vitória para o Hellas Verona com dois gols nos primeiros 15 minutos - uma finalização fácil e outra maravilhosa - que foi demais para a Juve buscar o resultado.

Os donos da casa tiveram um desempenho excelente, jogando com garra e determinação. Paulo Dybala acertou a trave antes do intervalo e os Bianconeri deram tudo no segundo tempo, descontando com Weston McKennie a dez minutos do final.

SIMEONE EM 15 MINUTOS

Com as duas equipes pressionando alto, o início do jogo foi caótico. Aliás, as duas primeiras oportunidades vieram de bolas recuperadas no meio-campo adversário, uma para cada lado. Primeiro, Wojciech Szczesny estava alerta ao remate de Darko Lazovic perto da trave, depois o cruzamento rasteiro de Dybala para a pequena área gerou pânico na defesa do Verona.

Os anfitriões aumentaram a pressão e, quando Arthur errou um passe para trás, Antonin Barak finalizou, Szczesny salvou, mas a bola caiu para Simeone, que ficou com a simples tarefa de tocar para o gol vazio.

O gol só deixou El Cholito com mais fome, e três minutos depois que ele pegou a bola na entrada da área e deu bela finalização no canto superior. Menos de 15 minutos no relógio e Verona já tinha dois gols.

DYBALA PARA NA TRAVE

A Juve tentou reagir, e Dybala teve uma oportunidade, mas não conseguiu acertar o alvo.

O Verona continuou a jogar em um ritmo alto, ficando compacto quando não estava com a bola e constantemente atormentando a saída de bola da Juve, tornando o momento dos Bianconeri difícil.

A Juve conseguiu ameaçar quando Dybala e Morata trocaram passes até um forte chute do argentino acertar a trave.

Massimiliano Allegri tentou mudar para uma linha de três, empurrando Alex Sandro para a frente para explorar melhor a largura e quase colheu frutos na tacada do intervalo, quando Dybala recebeu o passe de Morata e acertou por cima.

FOGUETE DE MCKENNIE

La Joya tentou novamente após o intervalo, mas o chute saiu errado. O jogo ficou em um ritmo mais lento, e a Juve foi subiu uma linha mais alta, graças a melhor troca de passes.

Allegri substituiu Rodrigo Bentancur e Adrien Rabiot por Manuel Locatelli e McKennie, e o primeiro toque do americano foi uma finalização à queima-roupa brilhantemente defendido por Lorenzo Montipo.

O Verona fechou as portas e jogou no contra-ataque, enquanto a Juve optou por colocar Dejan Kulusevski e Federico Bernardeschi nos lugares de Juan Cuadrado e Arthur.

Então, quando Gialloblu parecia estar em ascensão novamente, a Juve conseguiu o gol que buscava. Danilo encontrou McKennie, e o americano descontou.

ÚLTIMO SUSPIRO

Allegri fez sua última mudança, trazendo Luca Pellegrini para o lugar de Alex Sandro, enquanto o artilheiro do Verona, Simeone, abriu caminho para Nikola Kalinic quase fazer o 3 x 1 com um chute rasteiro.

A Juve passou para a velocidade máxima nos minutos finais e colocou os anfitriões de volta à sua área. Dybala conseguiu outra defesa fabulosa de Montipo, e essa foi a última oportunidade, com o Verona garantindo os três pontos.

A Juve regressa a Turim depois de uma segunda derrota em dias e vai agora voltar as suas atenções para o confronto da próxima terça-feira pela Champions League com o Zenit.

VERONA 2 x 1 JUVENTUS

GOLS: Simeone 11, 14, McKennie 80.

VERONA

Montipo; Dawidowicz, Gunter, Casale (Ceccherini 67); Faraoni, Tameze (Bessa 75), Veloso, Lazovic (Sutalo 67); Barak, Caprari; Simeone (Kalinic 83).

RESERVAS: Pandur, Berardi, Cetin, Magnani, Cancellieri, Ruegg, Hongla, Lasagna

TREINADOR: Tudor.

JUVENTUS

Szczesny; Danilo, Bonucci, Chiellini, Alex Sandro (Pellegrini 82); Cuadrado (Kulusevski 69), Bentancur (McKennie 58), Arthur (Bernardeschi 69), Rabiot (Locatelli 57); Dybala, Morata.

RESERVAS: Pinsoglio, Perin, De Ligt, Kaio Jorge.

TREINADOR: Allegri.

Itens relacionados