Match Juventus Atalanta 27 novembre 2021

Vitória apertada da Atalanta no Allianz

SHARE
Vitória apertada da Atalanta no Allianz
Vitória apertada da Atalanta no Allianz
Vitória apertada da Atalanta no Allianz

Com gol de Duvan Zapata marcado aos 28 minutos do primeiro tempo, a Atalanta derrotou a Juventus pelo placar de 1 a 0 neste sábado (27), no Allianz Stadium, em jogo válido pela 14ª rodada da Serie A.

A Atalanta iniciou a partida com intensidade, tendo várias finalizações nos primeiros minutos de jogo bloqueadas pela defesa Bianconeri, o que impediu tanto Ruslan Malinovsky quanto Remo Freuler de marcarem ainda primeiro quarto do duelo.

Encontrando seu ritmo, a Juve foi então capaz de ficar mais com a bola e criar uma série de oportunidades. Em ótima jogada individual pelo lado direito do ataque, Paulo Dybala deixou a marcação da Atalanta para trás antes de finalizar colocado com o pé esquerdo, para boa defesa do goleiro Juan Musso.

Logo em seguida, foi a vez de Alvaro Morata arrancar, agora pelo lado esquerdo de ataque, passando a bola para Weston McKennie, que rolou para Juan Cuadrado cruzar para o próprio atacante espanhol arrematar de primeira, mas o chute saiu fraco, parando nas mãos do arqueiro adversário.

A Juve continuou criando boas chances de gol. A melhor da primeira etapa esteve nos pés de Federico Chiesa, que recebeu lançamento por trás da zaga da Atalanta e disparou em direção gol, sendo bloqueado por Rafael Toloi no momento em que preparava seu chute.

Minutos depois, a Juventus perdeu a posse de bola no meio-campo e viu Berat Djimsiti, com um passe de primeira, deixar Duvan Zapata em excelentes condições. O colombiano avançou e bateu com força, no alto, para deixar os visitantes em vantagem no marcador.

Os Bianconeri seguiram em busca do gol. Em falta cobrada por Dybala, Leonardo Bonucci até tentou, mas não conseguiu o cabeceio. Momentos depois, o próprio argentino finalizou com a canhota, mas a bola passou longe da meta.

Uma lesão fez Federico Chiesa ser substituído no intervalo por Federico Bernardeschi, que teve a primeira oportunidade da Juve na segunda metade da partida, em um arremate de longa distância que saiu à esquerda da baliza.

Os Bianconeri tiveram uma dupla oportunidade de gol aos 15 minutos da etapa final, depois de arrancada de Weston McKennie que forçou Musso a bloquear uma bola desviada por seu próprio companheiro de equipe. No rebote, a Juve manteve a posse de bola e Dybala finalizou com força após troca de passes, mas o chute saiu por cima do travessão.

Precisando do resultado e vendo a torcida em Turim pedir para o time atacar, a Juventus continuou a pressionar e quase marcou em mais um chute de esquerda, desta vez disparado por Adrien Rabiot, que obrigou Musso a desviar com as pontas dos dedos para evitar o gol.

Os dois zagueiros da Juve tiveram então boas oportunidades para empatar o confronto. Primeiro, Leonardo Bonucci cabeceou ao lado do gol após cobrança de falta de Dybala; em seguida, depois de um escanteio, Matthijs de Ligt matou no peito e bateu com força, mas a finalização foi bloqueada pela defesa de La Dea.

A Atalanta atuou de forma mais física nos minutos finais do jogo, fazendo o possível para frustrar cada ataque Bianconeri. A chance derradeira para a Juve surgiu aos 95 minutos, em uma falta próxima à entrada da grande área cobrada por Dybala, que viu seu chute colocado explodir no travessão antes de sair pela linha de fundo.

Com o apito final, a equipe visitante confirmou a vitória por 1-0, que lhe rendeu os três pontos no Allianz Stadium.

JUVENTUS 0-1 ATALANTA (INTERVALO 0-1)

GOLS: Zapata 28’ (A)

JUVENTUS

Escalação: Szczesny, de Ligt, Cuadrado, Alex Sandro, Bonucci, Mckennie (Kean 64’), Chiesa (Bernardeschi 46’), Rabiot, Locatelli, Morata (Kaio Jorge 85’), Dybala

Reservas não utilizados: Perin, Pinsoglio, Chiellini, Pellegrini, Rugani, De Winter, Arthur, Bentancur, Kulusevski.

ATALANTA

Escalação: Musso, Toloi, Demiral, Djimsiti, Zappacosta (Palomino 71’), De Roon, Freuler, Maehle, Pessina (Pasalic 59’), Zapata, Malinovskyi (Koopmeiners 87’).

Reservas não utilizados: Rossi, Sportiello, Muriel, Pezzella, Hateboer, Scalvini, Miranchuk, Ilicic, Piccoli.

Itens relacionados