10_F1A5616_2020120942431006_20201209043100

Women's Champions League: Lyon sai em vantagem

SHARE
Women's Champions League: Lyon sai em vantagem
Women's Champions League: Lyon sai em vantagem
Women's Champions League: Lyon sai em vantagem

Juventus Women will have to beat Lyon next week if they are to reach the next round of the Women's Champions League after slipping to a 3-2 defeat in the first leg of their last-32 encounter at Allianz Stadium.

However, the Bianconere will head to France confident they can give the reigning champions a game after more than holding their own in today's first leg, twice getting their noses in front before Lyon completed the turnaround late on.

O JOGO

Logo no início, o Lyon não perdeu muito tempo, e Laura Giuliani teve que fazer uma grande defesa para evitar a cabeçada de Gunnarsdottir com apenas um minuto de jogo.  

Isso poderia ter indicado que seria um pesadelo para as Bianconere, mas elas cresceram no jogo a cada minuto que passava. Eles deram um susto nas campeãs aos 15 minutos, quando Caruso combinou com Girelli, que tocou para Lina Hurtig, em um passe fabuloso, mas a sueca acertou a rede pelo lado de fora. 

Havia mais por vir, no entanto, e, três minutos depois, as anfitriãs saíram na frente. Barbara Bonansea fez um cruzamento perfeito para Hurtig dar à Juve um início de sonho. 

O gol provocou uma reação no Lyon, e Giuliani apareceu bem contra Cascarino, aos 23 minutos, sendo que, cinco minutos depois, os visitantes tiveram um pênalti a seu favor. Embora Giuliani tenha ido no lado certo, ela não conseguiu evitar o gol de Renard. 

A Juve se recompôs e começou a jogar novamente. O time francês estava deixando alguns espaços na defesa, e Hurtig poderia ter marcado o segundo, mas desperdiçou oportunidade. Ela, no entanto, compensou logo em seguida: ao participar diretamente no gol contra de Buchanan, que deu às meninas de Guarino a vantagem de 2 a 1 no intervalo. 

A Juve começou a ficar cansada após o retorno ao segundo tempo, e as campeãs foram se soltando aos poucos, principalmente após da entrada de Melvine Malard. A jovem francesa, inclusive, aproveitou uma confusão defensiva e deixou a partida empatada novamente.  

Não satisfeita com o empate, Malard ainda deu passe para Kumagai marcar o gol da vitória aos 88 minutos, frustrando as esperanças da Juve de garantir um resultado positivo na primeira partida. 

Mesmo assim, as Bianconere ficaram satisfeitos com seu desempenho geral.

STEFANO BRAGHIN

"Foi um bom jogo. Demos tudo o que tínhamos lá. Foi uma grande homenagem às jogadoras que jogaram além de seus limites. Há um longo caminho pela frente, mas já avançamos muito. O resultado é uma pena, e talvez um empate teria sido um resultado mais justo, mas saímos disso sabendo que, melhorando, poderemos causar um impacto. Só conseguiremos reduzir a distância jogando esses tipos de jogo com mais frequência.”

RITA GUARINO

“O resultado é uma pena, e as meninas mereciam pelo menos um empate. Preparamos para o jogo analisando as características do Lyon e tentando tomar as medidas necessárias para anulá-las, sabendo que também nos dariam algum espaço. Foi assim que aconteceu. No segundo tempo, nosso nível caiu fisicamente. Agora voltamos nossa atenção para Roma.”

Itens relacionados